sábado, 31 de agosto de 2013

Encontrei esta poesía e lembrei de ti!


Este sol na palmeira treliça meu pensamento


Um na roda do outro véi revezando de cara no vento no rabo do pelotão batendo papo e girando.
Boca-de-lobo!
Casca-de-banana!
Quem colocou antena no meu concreto?
Diálogo com céu ralo.
Aquarela!
Soldados-da-cerca-de-ficus alinhados dão a grade. 
O vento torce para o Palmeiras?
Aroeira-salsa chora no canto direito!
Desfocado levemente o concreto-armado fica leve.
Não duvide das comparações do leitor.
Vou dar uma olhada no meu corpo e já volto?
Estilo é apreciar as curvas do redondo?
Que é de meu velódromo?
Onde está minha bicicleta de madeira?
Fiquei enrolando vocês desde 79 falando que ia fazer bicicleta de madeira pena que ante-ontem o Mudo Maior Do Caio Foi quem primeiro andou na BIKE_CAVALO_DE_PAU depois ontem deu uma volta dentro da oficina para me mostrar o jogo nos garfos furos da COIMA.  


sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Rolou quicou subiu mas depois acabou assim


Vai tomar doping pra participar de passeio ciclístico véi!
Jack 3D virou refeição!
A filha do mestre vende EPO de uso veterinário! 
O mudo foi o primeiro a andar no meu Cavalo De Pau!
AUDAX é andar longa distância sem lastro fisiológico!
Um Japonês do Japão veio aqui com uma bicicleta de peão fixo com uma só relação largou no pelotão em frente o Distrital e ainda fez um quarto lugar no meio de Brasilienses & Goianos!
Uma olímpica está na UTI com o sistema hormonal variando...
Um amigo nosso fez uma hepatite medicamentosa com apenas uma ampola da droga que o jamaicano naturalizado canadense tomava!
Tomei uma glicose na veia com o Viana antes da corrida do soldado em Patos De Minas ele ficou em terceiro eu cheguei dentro da casa dos quatro por um que era o meu trem de corrida apenas fiquei de orelha quente nunca mais repeti a dose!       

Não vem com carro que hoje não é dia de bamba


já que gostaram dos fios liguem mais estes no meu primeiro role com parentes me mostrando a cidade se orgulharam de me mostrar A CASA BRANCA pequena complementei parece que disseram réplica desliguei depois passei a passar em frente correndo pedalando e dizer pequena depois apresentar pro estrangeiro eis nossa casa branca e deixar rolar se romance internacional com baixarias orientais quiserem dizer que é um haikai! mandamos pra Curitiba rolar nos parques e voltar pro hotel trocaram de jardineiro quando vi pela primeira vez ele o jardim estava mais plano este é meu marco quando quero chegar primeiro no Gilberto espirito do sprint me faz negociar o sinal antes do vermelho ou então viro na contra mão à esquerda subo viro a direita e chego atropelando no postinho do balão do aeroporto nunca procurei saber sobre a sua construção    

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

_Aqui Em Brasília Nossas Antenas Seguram Fios!


A fotografia que fiz da apresentação de Visconde De Sabugosa que o meu neto Artur apresentou ao Leonardo Da Vinci!

Se eu tivesse que responder há um dos meus talvez eu dissesse você não tentou ser mais humano que eu?
E se moveu nas mais variadas avaliações testando em LOOK é assim que eu faço muito além de qualquer intenção acadêmica mas apenas sendo o primeiro a descer a serra de Brasilândia De Minas pela picada aberta para instalar antena repetidora numa Hércules aro 28 sem freios?
Fez questão de cair na estrada meter o dedão e só com você mesmo sobreviver de conversa entender a semiótica do lugar para quando fazer o pedido fiado apenas na frase certa estou na estrada dá para me levar até pode deixar as sobras pra mim?
Se entrar ali revolver entro se não der para entrar entro numa melhor e faço melhor de onde não me deixaram entrar depois volto lá entro reconheço e não me manifesto de nem um lado vocês não conseguem mais me pegar eu estou apenas brincando de estar sobre isto ou aquilo meu interesse vai apenas enquanto uso ou amarro a conversa sem nenhum ponto de pausa para sua ditadura respiração.
Cansou do meu eu?
Eu também!
Aquilo que vocês querem humanidade é uma empresa falida em muitos mandos apenas alguém que tentou montar um negócio sem querer conhecer todos os nomes.
Conexão, é, eu sei!     

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

O Nícolas hoje está fazendo um ano.


_Me dá um CHESS MÁRIO, e uma COCA-COLA!


Bati de bicicleta na paisagem!
Será que entrou?
Gritem ...!
Será que vão dizer que Pollockei?
Ela poderia entrar na boca do arqueiro mas preferiu seu canto esquerdo?
Já chutei paisagens mais macias com melhor efeito de letra de través dê Vô leio!
Viu o Mishima do lado do de Fotografia?
Rodas sujas de letras!
Klee?
Traga a sua bicicleta aqui e saia com uma paisagem diferente!
Viu a luz no meio do quadro?
Domingo no eixão!
Sábado no parque?
Com a lateral do pé direito roçando a paisagem para que gire faço entrar rodopiando dando a pista de como vai ser o próximo ponto.






terça-feira, 27 de agosto de 2013


Quando nós chegamos depois de irmos por o presente da Lígia no correio comprar arroz integral rapé um pedaço de ipê tabaco pra ligar bicicleta ainda uma esticada até mi tentando fazer nu vem chover literatura um sabiá já sem o rabo e mais algumas penas salvamos da boca dos cães viu ssossoka no dia do seu dia seus pais não deixaram os cachorros comerem um sabiá você que ao lado do seu amor também ama os pássaros e os cães minha filha mais nova hoje está fazendo 28 anos ela sabe que sou ruim de formalidades e mal sei desejar um parabéns pra você nossa menina mais resistente a que menos adoeceu aquela que sempre foi artista minha caçula que diz que sou seu malvado favorito eu que mal sei lidar com o mau aqui querida nossa estamos bem com nossos mesmos amigos nossas mesmas manias tentando fazer existir esta coisa que chamam de vida e os puristas condenam quando chamamos de coisa aquilo que não sabemos o quê é  feliz aniversário então sei que sabes que não sei mas não vou deixar de tentar saber!
  

Esta fotografia não tem título

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Não deixe sua árvore na rua.


Esta árvore conseguiu entrar.

A árvore da cruz que desce do dom Orion e abre um braço pro Gilberto e o da direita pro hospital brasília


Esperei 34 anos para fotografar esta árvore quando cheguei aos seus pés encontrei um casco de garrafa que usei como filtro pois ele não estava ali de graça enquanto deixei minha mulher tratando sua sinusite no hospital brasília assim como quando tratavam uma reação alérgica da minha filha em 84 saí pra jogar xadrez na L2 sul as paralelas daqui me espaçam anos lá de onde vim enquanto liberavam o corpo do meu pai no IML tomei conhaque no bar sem contar a história ou uma saída do trabalho pra ir beber na tocha antiga casa de chá da praça dos três poderes enquanto isto enquanto aquilo parece que foi sempre assim enquanto escrevo aqui volto no ontem lá mas a fotografia desta árvore não te lembra quando foi vista pela primeira vez de cima da bicicleta rumo á casa do capitão asfalto que hoje mudou para tio léo com a minha mulher e o meu irmão o ambiente em volta desta árvore me fascinou e hoje ainda aqui estou.   

domingo, 25 de agosto de 2013

Mini-Conto

Edgar Allan Poe.

Neste quadrado cabe um ponto

Jogue então com este tabuleiro-Van Gogh que o meu historiador me deu frutos da dama da noite ficam quadrados mas o sabiá gosta só precisam de cuidados com cães eles matam e põem pra secar adoram uma carniça morreu uma vaca lá no museu e o curador está pegando o boi ninguém fala em outra coisa meus cães ladram daqui existe um primeiro plano para o reflexo roxo daqui a pouco vão dizer fiz e todos reverenciarão se digo esqueci como lembrarão ofereço um toco-quadro-de-bicicleta-pau-da-construção arquivem a desordem de pensar um eu por construir labirintos para miniaturo foram construídos por quais arquitetos suas ligações conjugam julgam meu verbo no passado do pretérito infinitivo definitivamente se definem a fina lã dos pontos cruzes vises quer saber dê um clic naquela seta ali Ó bobão aperta o botão irmão corte e dependure no açougue as mosca provarão ou as larvas.    

sábado, 24 de agosto de 2013

Partida fashion



Ainda tenho 6 peões de cabeças vermelhas, ele mandou meus cavalos, mas, me sobrou dois bispos bentos, estou mesmo preocupado é com a sua torre-farol!
Uma abertura perfumosa.
Ele tem umas peças estranhas!
Só lhe resta um peão de goma arábica...
Vou forçar!
Quem souber todas as aberturas dos cheiros, e suas variantes, é o maior sedutor.
Uma abertura de primavera espera a seca acabar!
A abertura de inverno comprou calças de esqui!
Quando abro outono sopro sete peões!
Verão abre um sol de fragancias...
Uma performance do tema sem endurance.
Embaixo da dama da noite jogo melhor.
Que tal aquarela nas peças?
A crônica sentou em cima das mãos e pensou antes de fazer seu lance.
A poesia destruiu o centro!
Calculem o fim da partida.

Fotografia precisa de água


Minha Moringa Oleífera dá um giro no quintal!
O Carmelino comeu dela no jantar de aniversário da Bizé.
Arrancou direto do pé e pois no prato flôres e folhas!
Redemoinho do tempo.
Índia!? Presente!
Da China tenho Litchi Chinensis.
Mas, é a Jurubeba da terra que é meu tônico estimulante!
Que ácaro nenhum quer.
Agora vou lá no Leonardo Da Vinci ver meu neto de Visconde De Sabugosa.
Eu que quando pequeno só queria ser Pedrinho.
Antes de entender as sobrancelhas de Emília.
Hoje para esta apresentação bem que eu poderia ser Bresson, mesmo sem Cartier!
Será que já quis ser Salgado? 



sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Outras energias...



Uma mandala do meu cão pra ti mona mi!
Bem auto retrato saco me sombra no corpo do meu cão.
Filtro ai de mim!
Grafite pode furar e demorar cicatrizar.
Caco-grafia?
Nícolas deitado no tapete de retalho preto.
Fabio me mandou esquiar no fundo do quintal eu fui!
Comprei uma BH fixa made in spain guidon chifre de boi branca por 60 hoje.
Um capacete russo por 20.
Uma luva de couro acolchoada 20.
E uma calça italiana de esqui na neve azul 20.
Sou outro por 120.

Uma bicicleta precisa ser desenhada tendo em conta tudo que a modalidade pede!


Este quadro é para ser de aço.
Vou nomear cavalo de pau.
Estou construindo a montaria para o evento.
E o tempo, e a água que não para de tremer, o guaco lançando mais um tendão...
Telhado de madeira e concreto.
O dicionário do meu blog sublinha pontilhada de vermelho a palavra GUACO.
No fundo não quer a média.
Se eu fosse fiel à maquina.
Sentimentos são correntes com garantia de fábrica.
A análise da vida de cada um não comporta false-book.
Se me dessem rodas vazadas com contra pedal quadro e banco numa só peça a mais limpa bicicleta rodaria...
Fica calado que desenho uma bicicleta pra você.  


quinta-feira, 22 de agosto de 2013

LOOK! MICHAEL! LOOK!


Look!
Falo faço.
Não pertenço há um só movimento!
Grafei! Look!
De quem você está autorizado a falar?
ë proibido transformar monociclo em fixa unindo com madeira!
Estou fotografando e escrevendo o resto é fala.
Mas quem não rabisca quando precisar usar a mão vai tremer?
Aleatório minha barriga de filme ronca...
Um prego quer 90mm ou de 28mm a 90mm escolher a melhor janela para um saque rápido?
Desmontei algumas!
Sacrifiquei outras!
Dei!
Fui menino em São Miguel Paulista junto com o Pedro Dos Prazeres enquanto ele ajudava seu Tio Juvêncio vendendo frutas e verduras fresquinhas na diligência puxada pelo branco Guarani eu brincava na rua 7!
O Cansa Cavalo era nossa aberração atlética do bairro: ele foi correndo até o Rio e o cavalo que levava o fiscal cansou.
Coloca suas vírgulas aí o do faz de conta!




Elemental do meu quintal!

A guardiã do pé de mamão da ponta esquerda.
O pardal está piando a mesma manhã.
Ela chora manacá.
Cabelos para todos os partidos.
O personagem tomou de conta.
A folha seca de mamão tem cara de shinauzer.
Conheço melhor a semiótica do mato de Lagamar.
Do mato de Brasilândia Também.
Mato de Brasília também. 
Também andei no mato de São Paulo.
Sou cidade e mato.
Matagal!
Capoeira!
Campos!
Lagoas!
Lagos!
Latadas!
Lunáticos!
Solistas!
Cerrado!
Minha deusa do mamão da ponta esquerda ainda é menos nua que minha deusa na mata da escuridão quebrando mato na noite!
Descompassou quem pegou cruzou pro meio matei de vô leio a folha seca que caiu depois do arqueiro acima de onde seu corpo veio. 
Não precisa gritar nada ficar calado já me basta.  

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

_Não nos enganemos, sabemos de onde viemos!



Rafael & Diva sobre o cabelo do meu Historiador.
Montaigne disse que todos nós nos sentamos em cima dos anos?
Num sonho agora de manhã atravessando uma ponte em G.O empurrando a bicicleta enquanto olhava água fui aliviado da magrela sem perceber perguntei uns meninos disseram que dois homens colocaram a bicicleta dentro de uma caminhonete e partiram.
Toquei pra rodoviária.
Tudo segue o seu curso eu que continuo margem não posso nem mudar o sentido.
Me nomeei saída antes mesmo de entrar.
Nas alturas asas não querem concreto.
Eu não tenho nada para dizer para ninguém no face quem quiser falar comigo vem aqui em casa já me esqueci qual foi a última vez que mandei um email!  


  


terça-feira, 20 de agosto de 2013

_Vou brincando por aqui!


À base d'água!
Desejo é aquilo que te faz perder o juízo?
Acabei de ver um português falando na tvunb que a filosofia acabou porquê a filosofia se fez.
Por completo?
Se realmente filosofia é o amor ao conhecimento ou a busca isto deve dizer que ninguém mais busca ter amor ao conhecimento?
O conhecimento então agora é algo banal que se tem com um clic?
Perder o bonde da história tudo bem mas ser posto para fora alguém vai ter que beijar o trilho comigo nas costas.
Esta cidade tem carro demais.
Tonto no seu ir e vir.
Zorro riZca bum bum do sargento-gracinha!
Apenas um estereótipo não me satisfaz.
Se for só pegar no arquivo e aplicar o manual prefiro furar tapar buraco na areia nas sombras das palmeiras ouvindo o trem caipira...
A bicicleta precisa muito mais que o código de trânsito caduco feito para um trânsito nunca planejado.
A bicicleta é tão perfeita quanto o seu sapato se é que ele foi pensado mas não é por ter o melhor sapato que vossa excelência vai dar o melhor passo!
Pernas-Froome não estão à venda! 

Uma noite muito agradável

Tanto mim em mim que me enraio!
Um polo só de contra pedal com belt drive aro 24 relação 25x15 guidons ingleses quadros emborrachados tudo o mais macio possível do piso à crítica...
Bike polo leve.
Sugiro boliche sobre bike.
Cala a boca japonés.
Sinuca de bike já dei!
De folha de bananeira é brincadeira.
Em vez disto fui ontem ao Bike-Polo na 111 sul na quadra comunitária do lado do bloco I toda segunda a partir de 19h convidado por Wesley que conheci na Commute levei junto comigo um dos meus mestres para tomar conhecimento do lúdico.
Fotografei!
Conversei pouco!
Apresentei e fui apresentado!
Prometi voltar!
Levar sobrinhos e amigos novos e habilidosos!
Sim.

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Este é o meu cinema

Meu pescoço é levantado de empinar papagaio.
Mas, cabisbaixo de ler...
Em cima aéreo em baixo examina em silêncio.
Sprint sem aviso.
Mudança de rumo.
Cortes espetaculares.
Não quero o inadequado.
Pele fresquinha dermatologicamente suave testado frescor e suavidade para  pele loção deo-hidratante com fragrância micro-encapsulada sensação de pele macia de bebê 200 ml 159322 softlotion tm johnson`s r novo!
Terminei de passar.
Mundo dos cabos e microfones.
NS031337 PRETO NO BRANCO
EVEREADY GOLD

fiat lux!
 

A minha SAUDADE de não ter ido é maior que qualquer Saudade do estado?


O primeiro plano deixa a profundidade de campo tonta de mar?
Vinho em caixinha é tão ruim quanto cachaça em lata?
O nome do lugar borra a cidade na paisagem de fundo?
Um coqueiro triste de vento quer o sol do ciclista-bêbado? 
O cara-de-boné-de-caverna fica pasmo com o cara-de-capacete-de-luz?
O ciclista tem um olho lá e outro aqui?
Janela aberta no azul ainda é trevas?
Um Maia vai vencer a montanha?
Inca jantou um espanhol?
Me no parlo fora do parlamento?
Ludens manda uma folha seca?
Clima de deserto é bom pra sinus?
Posso colocar o pau que rola?
Deixa rolar?
Sim, quanto mais se mexe no formigueiro mais as formiguinhas ficam tontas e perdem seu ir e vir?
No quadro um pouco de mim basta?
Troco o Paranoá na menor água Belga!   

domingo, 18 de agosto de 2013

_A luz é o foco!


Vai sem bastão mesmo bostona!
O peixe azul leva um tiro no.
Rede desfocada corta mais de um terço do frame!
Onde fica o do peixe?
Dama da noite mangueira 7 dores.
Eu não sou deste lugar!
Eu não sou deste lagar!
Eu não sou deste lamar!
Eu não sou deste lavar!
Eu não sou deste ladrar!
Eu não sou deste lunar!
Você pode continuar?
Um peixinho confundiu meu olhar.
Acerola com graviola!
Nylon dos peixes azuis...
A monumental poesia do eixo monumental, cai na esplanada. Depois da vírgula vem o tombo!
Letra em exibição convoca incursão?
Um humanismo deve ser feito de tudo e não apenas de restos.
Está bom assim já entendi!
Espero.   

este ano vai dar mais manga

Adotei times maior justificado como tipo ideal para o texto que quer ser quadrado subir e cortar e aparar trazer na mão esqueci de perguntar pro tião do saco se palha velha mata sempre vi a partir do pior mesmo antes de ser anunciado agora então que me empolgo menos curto o dia seja como for o será este sumiu nunca mais vi deve estar brincando com outro o será era um cara legal apesar de prometer e não cumprir dizer e não ser apontar aquilo que não viveu se iludir com restos de ilusões dos outros preferências alheias a importância dos outros bater palmas por qualquer tentativa de danças sem números sem anúncios de felicidade aqueles detalhes aquela intenção de deixar frestas abertas para olhos-bobos desnuda sim qualquer parte de mim este corpo exposto demais um tipo uma letra um gogó uma gravata aquele topo mesmo sem saber do que se trata sem nem um trato vamos nessa!

sábado, 17 de agosto de 2013

_Objetos que sempre pularam comigo, saltam!


Quando brincava com palavra escrito de jogo buscando melodias manjadas o treino até aqui o exercício diário a busca por imagens que possam trazer de volta suas melhores imagens para o fazer ainda gosto muito daquela luz de fundo molas parafusos porcas carrinhos cabeça de canote sob couro arrebitado a moringa com tronco marcado as folhas da aroeira salsa seu caule sofrido e resinado e a luz do fundo novamente sugiro manda mais um horizonte torto pode ser a bicicleta e o bosque sei que ainda não tivemos nossa bicicleta-e-o-bosque porque me roubaram minha novela-vaga quando iam tocar a máscara negra pela última vez no clube da nitro química  deixava as lágrimas e seguia o trenzinho cantando e olhando o máximo daquilo que poderia ver.  

_Minha Pretinha Explica O Nosso Guaco para A Dona Tunica!

Não tenho mais nem um discurso para o público.
Atenção público presente ele disse que não tem mais nem um discurso para vocês.
Será porquê agora ele está no seu centésimo país de tradução?
Ou, é o boato do Nobel...
Engraçado, mas ainda está muito efusivo.
Nossas pequenas verdades não são menores.
Hoje que já estou na ação ainda me prendo por um furo e quatro parafusos.
Desliguem as luzes vamos pro bar.
Liga.
Nomes rançosos querem grudar na pele.
Nosso circuito de conversação vai da oficina ao cemitério fique amigo do coveiro e agora tercerizaram tem muitos troca toda hora não tem problema fique amigo de todos que encontrar todos os dias quem sabe você caía no dia do desconhecido um de menos chorando a sua morte.
Os conhecidos não precisam mais te ver.
Já não quer mais novos.
Vai gozar naquela sombra?
Quer um sol na lata?
Suportes românticos...
Na última medida de ar,ele disse: "dá uma coçadinha aqui!" 




sexta-feira, 16 de agosto de 2013

A bananeira aqui de casa é de outro planeta



Sei fazer umbigo de bananeira virar disco voador.
Lustre.
Objeto não identificado.
A folha olha e ri!
Me parece um riso inteligente.
Abajur com o fundo azul!
Lungavita me obedeceu direitinho hoje.
O ITALIANO me ensinou amaciar Brooks!
O Manoel esteve aqui e me perdeu por 3 minutos.
Fica tranqüilo que não vou esgotar todas as possibilidades da imagem.
Imagine também e faça.
  

Tenho um título de perseguição por equipes na pista de asfalto que foi destruída para virar estacionamento de campo de futebol



Para quem ainda não sabe isto é uma tocada de contra-relógio não precisa tentar deitar no clip na marra lembre-se o freio está lá embaixo minha Diva Disse Amanhã Você Me Leva Na casa Da Menina Que Vou Dar Um Jeito De Ir Embora A Flecha Está Só E Ela Não Tem Nada Que Ver Com Isto Você Só Quer Pedalar ouvi enquanto que meu Antropólogo preferido gostou de me ler com outros símbolos aprovo e reforço: me leiam com outras figuras!
3 linhas-sombra acima uma branca quase no meio.
A segunda linha-sombra fragmenta-se tentando criar mais duas ou três.
Esta quantidade de banco que sobra parece ser ideal!
Vai querer cartear marra?
Depois da calçada qualquer parede abismo. 
Eu disse ação, então, corta!
Seta precisa de cabeça & corpo> 

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Somos viciados em imagens & em contextos



Olha a c^mera dos pássaros dos meus fios da frente estou querendo clicar com você neste azul-brasília ralo e seco linhas tortas amarradas por presilhas puxam o poste.
Quadro-madeira-com-dois-garfos.
Sem-corrente-centro-vazio.
Guidon-cabo-de-machado.
Falei pra menina da cafeteria chic do lado da COMMUTE sobre o café cagado por jacu, ela achou fantástico. Eu ainda disse que foi no Espírito Santo.
O Café Do Espírito Santo É O Mais Caro Do Brasil!
Russo passou dois quatro um.
Cubano tem dois quatro cinco.
O Atletismo tem artigos de luxo.
Quero o calçado do martelo!
Colombiana gana oro en salto triple...
Félix fica em quinto.
Me tirem a televisão e o jardim que vou pra rua.



_Quem quiser pintar bicicletas vem aqui em casa pinto na hora não cobro nada e se não gostar sai na água!

Fuga da cozinha para a sala.
Escrever em tudo.
O velhinho ontem estava bem afetado.
Entre o canote de banco e a braçadeira existe o tubo.
A espessura do tubo aumenta a medida da braçadeira em relação à medida do canote-de- banco.
Preciso ser clássico com as peças.
Quando toda a bicicleta é um desenho só todas as peças encaixam no porquê.
Me parece o caso da Trek District.
E se monto como monto onde encontro componentes para o quadro de todas as medidas?
A bicicleta mais compacta entra na pista.
A mais nua vence.
Aquela que sabe penetrar nu-vento como nenhuma outra.
Mas se sabes por arestas com pensamento também roda bacana.
Vou jogar confetes na minha Trek 820.
Que tal miçangas?
Fitas coloridas & pb descartáveis, para quadros.
Vinhetas.
Quadro ralo.
Um quadro de pipoca.
Hoje vou sair de bicicleta açucarada.
Espera aí deixa eu trocar a roupa da bike.



quarta-feira, 14 de agosto de 2013

_Veja a proteção para o Homem Da Montanha!

Sobre um fotograma que ainda não escolhi!
O Nariz é frio foi ver o jogo do Brasil na Basiléia e o resultado vocês sabem. 
Eu pedi apenas o bigode do NIT.
Sou "culto, e gloso.
Rodei na LOOK SUGINO.
Escrevi a NIVER- INCONSTITUCIONALISSIMAMENTE. Preta.
...dei a suspensão da litespeed pro Carlinhos.
Fizemos o jogo eu e minha Tia Diva Compramos Jiló e fumo no mini-box.
Antônio Miranda & Álvaro tomaram café da tarde aqui hoje me livrando do segundo tempo de Brasil x Suíça.
Meu neto ficou bem de Visconde de Sabugosa, emprestei os óculos. 
A salada de jiló com cebola que a tia preparou ficou do barulho.

Rodei laranja na ciclovia.

 

Meu ciclismo

Estou fazendo umas pinturas de um dia para as minhas bicicletas saem na água a velocidade do meu pincel japonês rabisquei a look ontem escrevi nas rodas  quando eu passar bota um olho acho que vou lambuzar a pinarello hoje ESTOU ESCREVENDO NAS BICICLETAS montem seus goleiros de gaiolas regulem seus meninos assassinos reparem o relógio-brasil estou escrevendo sem desmontar risco torto de qualquer jeito vou dar uma para um neném rabiscar fala aí quem nunca teve vontade de gravitar sua máquina as que o departamento de trânsito não empomba é claro só falta parar ciclista pra pedir carteira aí vou por baixo com meu amigo José Antônio ou quem sabe por dentro né zezinho quem sabe rodar os pedais fala do lado sem perder o fôlego ou deixa para depois de desmontado monto na obra e saio pra pedalar.     

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Pequena reunião depois do pedal

Meu historiador reapareceu e não gostou nada do foco só na vara quando não viu o steeplechase ficou louco e foi embora mais antes ele fez um suco de jenipapo almoçou com sua galera depois ainda colocou um doce de arroz integral enquanto ele preparava o suco não viu o alemão rasgando a camiseta para os fotógrafos perdeu o pedacinho da marcha com as meninas russas flutuando na pista gastei 1h da COMMUTE até aqui de 10:47 à 11:47 na B-1 Nirve preta que troquei na Kona Hot Rod usando todas as ciclovias de lá pra cá tem lugar que interrompe e você tem que pular subir a Matinha foi a melhor opção me diverti como nunca Pedal-Perfeito ATLETISMO não é só o boi comendo roupa na vara feminina não ou um local numa prova internacional gostaríamos muito de ver o campeonato mundial de atletismo sem frescuras mas nem passamos pra rede deve ser o prazer de criticar aqueles que se desviam dos grandes esforços para focarem na novela diária ou nossa resposta à fofoca ao drama à comédia...
      

Todos ficam desesperados assim por saberem que vão morrer os menos vieram morrendo aos poucos durante a vida mas até isto é perda de tempo pois o esforço não foi seu expeliram você neste dito mundo e vai chegar a hora sem jogo como era antes outro jogo menor daqueles que precisamos de muito mais teleobjetivas aumentar telescopicamente e prestar atenção numa vida mais real aumente ácaros e faça filmes de ficção uma paisagem de outras dependências no pó o cotidiano é outro a larva é um super monstro é melhor lhe darmos asas baleias se alimentam daquilo que não vemos sem lentes e no abissal não chega quase nada de luz nem precisam de olhos sem fazer uma pausa pois ela de qualquer forma já é feita pelo autor enquanto pensa o dedo de prosa onde o papagaio do pirata quer posar pro clic tentando fazer com que não vejas outras máscaras a resposta para a macacada era a esperada no fogo nas geleiras nos movemos

Todos ficam desesperados assim por saberem que vão morrer os menos vieram morrendo aos poucos durante a vida mas até isto é perda de tempo pois o esforço não foi seu expeliram você neste dito mundo e vai chegar a hora sem jogo como era antes outro jogo menor daqueles que precisamos de muito mais teleobjetivas aumentar telescopicamente e prestar atenção numa vida mais real aumente ácaros e faça filmes de ficção uma paisagem de outras dependências no pó o cotidiano é outro a larva é um super monstro é melhor lhe darmos asas baleias se alimentam daquilo que não vemos sem lentes e no abissal não chega quase nada de luz nem precisam de olhos sem fazer uma pausa pois ela de qualquer forma já é feita pelo autor enquanto pensa o dedo de prosa onde o papagaio do pirata quer posar pro clic tentando fazer com que não vejas outras máscaras a resposta para a macacada era a esperada no fogo nas geleiras nos movemos

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

_Arquivo infantil!


Este arquivo fica na estante da sala que é para não terem dúvidas quanto aos meus elementos mas acho que nem checam meu helicóptero minha baleia meu principezinho minha rosa meus cães minha via diagonal um céu lavado a paisagem européia meus brinquedos sem brincadeira a leveza do ser o signo fora dos astros pequenas marcas na forquilha as bancas de revistas abandonadas os meninos que não passam mais para trocarem gibis personagens estão cada vez mais caros a preguiça tem garras longas...  

Nícolas encara tiro

Eu não posso implantar um nacionalismo barato.
Fique comigo,vos prometo uma inserção catedral!
O cachorro entrou na igreja por ter sentido cheiro de vinho.
Cachorro louco sem raiva de cidade foi morrer no campo, pois seu dono não poderia lhe dar uma morte melhor.
Meu historiador fugiu!
Meu corpo não cansa de um novo modelo.
O Português deve ser mesmo uma língua de uma beleza sonora lá naquele Portugal de outrora...
Estou no dia da marmota.
Pra fazer verso costumo calcular conivência.
Vulgar vira Singular?
Single-lar!
A língua-da-agulha quer mais mãos.
Vampiros não são mais sensíveis à sais de prata, nem cruzes empaladoras, ou uma bala de hortelã...
Vamos andar nas calçadas sem medo das tampas dos bueiros!
De tanto exaltarem craks o Crack detonou este país.
Aí, se não quer que fique pesado, bota samba no pé.



domingo, 11 de agosto de 2013

Tomei uma vitamina de banana antes de subir pra cá.

Só o que eu já gastei de pilha.
Não preciso do quarto, estou sempre nu.
O Campeonato Mundial De Atletismo está quente.
Na Rússia.
Deixei Nadal metendo 6-2 no primeiro, Montenegro está sem recursos na via.
Comprei um filtro-único num Garage Sale no Lago Norte por 10.
Enquanto vemos comentamos aquilo que o "radialista da televisão"não consegue falar além das imagens...
Porquê tentar com os novos aquilo que não conseguiram conosco?
Nosso Homem Das dez disse lutar pelo ouro no Rio.
Mas, por enquanto ele é sexto No Mundial!
Nossa Da Vara classifica-se em 13 das dose finalistas, deixou que a amiga falasse Russo enquanto ela esperava o Trotil-São Miguel! 
Estamos Comendo Bola Em Muitas Modalidades, muito pouco do Peso Feminino, muito pouco do Salto em Distância Feminino...e por aí vão dando ênfase ao que acham importante...
Resisto análise combinatória sigo experimentando materiais para fins diferentes.

   

As pilhas da minha águia estão desligadas

Depois da quebra dos valores o colírio usado não consegue tratar os olhos que ficam cheios de areia de imagens quaisquer alguém quer um grão de moral mas como esta foi quebrada bem antes adquiriu até um a e seus fragmentos as vezes chegam também ao olho mas com tantos outros fractais que não convence o ouvido com sensibilidade suficiente para não deixar formiga fazer formigueiro grita entope entra água otite não o do futebol a inflamação qual foi a última que o governo sugeriu e você seguiu eu estou antes é vontade histórica ou apenas uma dor de ser A-Histórico de dores nós entendemos: Dores Do Indaiá. Minha Vó veio de lá.
Vovó sabia narrar fora da gramática vigente.
Aprendi com ela.
Quando prestar atenção na estória é questão de sobrevivência podemos nos apaixonar por imagens sujas pesadas riscadas até repetitivas.
O método de confinamento é acadêmico?
Põe ar no boi! 

        

sábado, 10 de agosto de 2013

É sábado?


Você sabe como fazer periquito freqüentar Moringa.
Pergunta pra Bizé.
Este é o ambiente deles aqui!
Verde nossa-vontade.
Branco & Verde.
O relatório anual não quer contar com a sua conta, faça de conta.
Pospisil X Raonic
ACE.
Almoçamos com o Carlão & o Paulinho,  vendo o campeonato mundial de atletismo.
Os 55 anos da Madona não me dizem respeito.
Risquei uma com o cotovelo hoje na ciclovia sem alterar a trajetória.
Depois de pedalar ainda desci pro Carlinhos com o Paulinho Mergulhando na descida depois trepando pela calçada na volta depois de trocar o cabo do câmbio dianteiro.


Onde tem umbigo tem banana?


A bananeira diz corda.
Eu poderia dizer vampiro.
Mas, de que sangue?
Pássaro de cabeça oca.
Com favos de mel no pescoço.
Apoiadinho nos pezinhos-tripé.
Coberto por um braço sem mão.
O polvo-seco está rindo do azul.
Lá em cima um elefante prepara o corte.
Se a cabeça do pássaro não estivesse fora de foco e iluminada ele não ganharia leveza nem volume.
Luz na ponta do bico.
Luz na curva da cabeça.
Agora que está justificado quem era aquele cara forte de ontem parecendo o espanhol comandante na 3?
Seja quem for aviso que quando peguei ele por trás eu já estava com 40 minutos de bagaço e depois ele não abriu mais do que peguei além dos meus pneus biscoitos e uma suspensão bambolê parece que ele tinha uma coroa maior.
Precisamos nos encontrar em pé de igualdade.
Qual é a sua idade.  

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Fora de foco esta coruja passa por mico?

Historiadores e Religiosos são a mesma coisa?
A íris do siri é ao contrário?
E sem o acento!
Quantos grandes das letras não foram bem na escola?
Não que me importe!
Um mundo em que poderíamos brincar de ser tudo sem ser um?
Destorce o rabo do Pug!
Para onde foram todos os aviões que passaram sobre a minha cabeça?
Um tratado filosófico vira clichê?
Já experimentou ensinar um pardal a piar o hino nacional?
Por demais colagens trocamos obras de arte entre artistas sem vendas! 
Quando ele disser dado clic 21 furos!
Mas fui também arrebanhado por rezes desgarradas por um momento ou mas toda via vive disto...
Clichê Pagão!
Nó-Madeira.
Nó-Ar.
Nó-Terra.
Nó-Metal!
Noir...
Para que a coisa acabe como planejamos precisamos de um ótimo finalizador. 

21


Mais uma proposta de bandeira.
Recusada.
A tripa do umbigo de bananeira.
Narizes arrebitados.
Boquinha fechada boquinha aberta.
Cães farejadores iluminados.
Dá pra subir?
Cara de cá cara de lá!
Esta é a melhor cor de céu?
Satori.
O traço da natureza tem arestas!
Talo!
Corda?
Pendão...
Cara de porco azul!
Seio africano?
Rosto de velho rosto de novo.
Nariz de batata!
Estrias...